Sisu 2018

O Sisutec (Sistema de seleção unificada de educação profissional e tecnológica) é um dos programas federais de expansão e popularização do Ensino técnico. Por meio dele, foram criados milhares de vagas gratuitas em instituições públicas e particulares, em sua maioria, criadas para abastecer mercados carentes de mão de obra especializada.

As inscrições Sisutec 2018 ainda não estão disponíveis.

Para você que está interessado em realizar a inscrição, nós trouxemos todas as informações indispensáveis para você decida de forma tranquila programa sua inscrição no Sisutec 2018.

Sisutec 2018

Sisutec 2018

Como fazer sua inscrição Sisutec 2018

O processo de inscrição Sisutec 2018 em si é bem simples, feito totalmente online e gratuitamente, sendo que o principal pré-requisito para o cadastro é ter feito o ENEM (exame nacional do Ensino médio) de 2017. Com os dados de inscrição do ENEM, você confirmará os dados de sua inscrição e poderá optar por até duas opções de cursos em quaisquer das instituições cadastradas dentro do sistema.

Lembrando que o Sisutec é um programa de facilitação do acesso ao ensino técnico para pessoas de baixa renda, o que significa que determinados grupos têm prioridade em suas vagas:

  • Alunos egressos do ensino médio em escolas públicas, ou particulares em condição de bolsista 100%.
  • Cotistas de grupos de políticas assertivas (cotas raciais e de outros tipos).

Outro detalhe importante que dificulta alguns acessos é a escolha de primeira e segunda opção de curso: Se você for aprovado na sua primeira opção, é desqualificado da concorrência da segunda opção, com sua vaga sendo passada para o próximo da lista. Lembre-se que todo o sistema é automatizado, o que evita qualquer tipo de protesto em relação á vagas.

Finalmente, atente-se aos horários da vaga no momento da inscrição. Não será possível trocar de horário caso você tenha escolhido de forma errada.

Prazos para o Sisutec Inscrições 2018

O prazo para o Sisutec inscrições 2018, assim como nos anos anteriores, será em torno de 2 semanas, contando com a matrícula Sisutec. De qualquer maneira, é muito importante não deixar sua inscrição para a última hora, já que o sistema geralmente sofre problemas de excesso de acessos na reta final.

A primeira chamada Sisutec 2018 ocorrerá nos dias citados no cronograma Sisutec, quando todos os alunos aprovados devem entrar em contato com as instituições onde foram aprovados para confirmar o processo de efetivação da matrícula. É imprescindível respeitar os prazos de inscrição, pois as vagas não preenchidas serão ofertadas em uma segunda chamada, programada para a data que estará no cronograma. Vagas remanescentes Sisutec 2018 serão ofertadas em registro online.

 

Como organizar seu estudo

Até há bem pouco tempo os candidatos a concursos como o Educa Mais Brasil 2018, utilizavam uma planilha estática para controlar as horas de estudo. Mas, esta não é uma boa estratégia porque qualquer coisa que dê errado num dia (um imprevisto, um mal-estar, um filho que precise de mais atenção, etc.) atrapalha o esquema da semana toda. Ou então você pula aquela matéria e só vai revê-la novamente na próxima semana.

Sendo assim, a melhor forma de estudar é adotando uma planilha cíclica. Neste tipo de planilha, coloca-se todas as disciplinas em uma lista, intercalando, na medida do possível, disciplinas exclusivamente teóricas e as que usam cálculos. A lista abaixo serve só a título de exemplo.

Ah, inclua sempre resolução de questões junto com os estudos teóricos. Isso é indispensável.

Lista das Disciplinas

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico
  • Direito Constitucional
  • Contabilidade
  • Matemática Financeira
  • Direito Previdenciário
  • Língua Estrangeira
  • Redação Oficial
  • Administrativo
  • Administração Geral e Pública
  • Auditoria
  • Legislação Aduaneira
  • Direito Penal e Civil
  • Direito Tributário
  • Comércio Internacional

Para a Carreira Fiscal, são em média 15 disciplinas. No entanto, comece com uma lista com a metade (as que jugar mais difíceis) e cubra todo o conteúdo dessas por primeiro. À medida que for terminando o programa da disciplina, substitua-a por outra.

 

CND INSS 2018 Certidão Negativa de Débitos

CND INSS 2018 – A Certidão Negativa de Débitos (CND) é utilizada para comprovar a regularidade da situação fiscal do contribuinte. É importante destacar para os amigos leitores de que a CND que antes era emitida pelo INSS agora é emitida pela Secretaria de Receita Federal do Brasil. Confira informações sobre a importância do CND INSS e como emitir a CND.

CND INSS 2018

A Certidão Negativa de Débitos (CND INSS 2018) é emitida por órgão público para informar a situação da pessoa junto as suas contribuições tanto previdenciárias quanto as contribuições devidas, incluindo as inscrições ativa do INSS 2018.

É importante sempre averiguar a sua CND do INSS, pois as ocasiões que você irá precisar utilizá-la são inúmeros, como, por exemplo, a compra de imóvel, concorrência pública e solicitação de financiamento.

Emitir CND INSS 2018

O sistema da Receita Federal está programado para realizar a emissão CND conforme a situação da pessoa física de acordo com os efeitos negativos dos débitos. Mas, isso é possível apenas se não houver pendencias nos sistemas da Receita Federal do Brasil.

CND INSS 2018

Se você não conseguiu emitir CND 2018, basta seguir atentamente os passos citados abaixo:

  1. Após acessar o site da Receita Federal www.cnd.dataprev.gov.br;
  2. Informe o número do seu CNPJ ou CEI;
  3. E clique em “Consulta” para solicitar a CND INSS;
  4. Após esse processo, se for de sua vontade clique em imprimir e você já poderá acessar a certidão.

Acessando o site da receita federal você terá disponível os seguintes serviços: confirmação e autenticidade de certidão emitida até 8/02/200; confirmação de autenticidade de certidão previdenciária; consulta CND INSS – situação fiscal previdenciária; emissão de certidão previdenciária; emissão de segunda via de certidão previdenciária; consulta dos dados básicos do cadastro de empresas e equiparados; consulta extrato de contribuições de empresas e equiparados.

Segredos do Exame Nacional do Ensino Médio

O ENEM ou Exame Nacional do Ensino Médio é um dos maiores programas do Governo Federal para ajudar a aumentar o acesso ao ensino superior. O aluno paga taxas baixas correspondentes aos juros da dívida e deve pagar o financiamento apenas após concluir o curso. Mas para quem não passou na avaliação programa há alternativas para quem não conseguiu o ENEM bem interessantes. Confira a seguir.

Boas alternativas para quem não conseguiu o ENEM

O programa Enem visa abrir vagas no ensino superior para estudantes de baixa renda. Há muito mais concluintes do ensino médio que instituições privadas. Como construir universidades públicas é cara, abrir vagas nas já existentes de ensino privado é uma alternativa rápida. Mas como não há vagas para todos você pode buscar outras oportunidades como:

  • bolsa de estudos
  • créditos e financiamentos alternativos
  • programas de ajuda aos estudos
  • empréstimos e financiamentos em bancos

Temos boas dicas a seguir de quais programas você pode procurar para conseguir um diploma com o Exame Nacional do Ensino Médio, basta que você realize a inscrição do Enem 2018.

Bolsas de estudos como alternativas para quem não conseguiu o ENEM

Muitas instituições de ensino superior valorizam abrir oportunidades para estudantes de baixa renda com bolsas de estudos. Não é totalmente de graça porque a faculdade ou universidade ganha isenção de imposto de renda pela iniciativa. Para a empresa é muito mais vantajoso manter um aluno de graça que pagar impostos elevados, então vale a pena oferecer programas e muitas fazem isso.

Para conseguir boas de estudos:

  • procure nos sites das instituições de ensino superior privadas (pagas) de interesse programas de bolsas de estudos
  • cadastre-se nas datas marcas
  • fique de olho nos processos de seleção
  • leia com atenção as regras e requisitos necessários

Crédito PraValer

Funciona de forma semelhante ao Exame Nacional do Ensino Médio 2018 (Enem). O aluno se cadastra, apresenta seus documentos e escolhe um fiador, uma pessoa responsável para pagar a dívida caso ele não consiga. Para se cadastrar é só acessar o site aqui.

Documentos necessários para o Crédito PraValer:

  • documento de identificação com foto – identidade
  • CPF
  • comprovante de residência
  • comprovante de renda familiar
  • os mesmos documentos para um fiador

O crédito ajuda no financiamento de:

  • graduação
  • pós graduação
  • MBA

O pagamento é realizado apenas após a finalização do curso em duas parcelas em até o dobro do período de estudo. Ou seja: se você estudou dois anos pode pagar em até quatro anos.

Programa Educa Mais Brasil

O programa Educa Mais Brasil funciona ajudando os estudantes com bolsas de estudo de até 70% da mensalidade. Instituições parceiras fazem parte do projeto e ajudam o estudante a conseguir seu diploma pagando valores baixos durante seus estudos. Para conseguir é preciso ser estudante de baixa renda somando até dois salários mínimos como renda familiar.

Os documentos necessários são:

  • documento de identificação com foto – identidade
  • CPF
  • comprovante de residência
  • comprovante de renda familiar

Para se cadastrar você precisa entrar no site do programa clicando aqui e:

  • fazer um cadastro com seus dados pessoais como nome completo, CPF e endereço
  • espere seu cadastro ser avaliado e validado – você recebe uma resposta por e-mail
  • escolha uma instituição de ensino que deseja estudar e o curso
  • imprima o boleto e pague correspondente a primeira parcela
  • leve o boleto até a instituição de ensino e marque o começo de suas aulas.

Citamos apenas algumas formas de alternativas para quem não conseguiu o ENEM mas existem outras. Cada universidade possui um programa próprio com sorteios, bolsas para pesquisa ou aceitar alunos com notas altas do ensino médio como bolsistas. Visite os sites das faculdades e procure por programas independentes.

Liberada a consulta do IPVA SP 2018, corra e confira o valor do seu imposto

IPVA SP 2018 – Saiba como fazer a Consulta, Pagamento e Valor do IPVA SP 2018. Além disso tenha acesso a Valor, Tabela, Vencimento e outras informações

IPVA SP 2018 – Localizado na região Centro-Oeste, no Planalto Central brasileiro, o estado de São Paulo está perto do Mato Grosso, Tocantins, Bahia, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.  Seu estado é o mais populoso do Centro-Oeste e o nono mais rico do país.

Resumindo: é um ótimo local para cobrar impostos, e, entre eles, há o IPVA SP 2018. Confira mais detalhes abaixo do Imposto sobre Veículos Automotores!

Consulte já o valor do seu Imposto Automotivo 2018 no estado de São Paulo

Consulta ao IPVA SP 2018

Para realizar a consulta do seu IPVA em São Paulo, você precisa entrar no site oficial do Detran. Na barra lateral ao lado esquerdo, você deve clicar em “Licenciamento/IPVA”, assim abrirá uma página pedindo a sua placa, apenas, então você preenche o campo e envia. Na tela, tudo o que você gostaria de saber, aparecerá!

Pagamento e Boleto do IPVA SP 2018

Após verificar a situação e o Governo liberar para pagamento, você deve quitar antes da data de validade, para evitar multas. Logo, basta que imprima os boletos e se dirija a uma Lotérica ou Banco com o dinheiro em mãos.

No site do Detran/SP, na barra lateral ao lado esquerdo, há a categoria “Boletos”. Logo abaixo, você pode ver três opções de IPVA. Escolha a que se encaixar ao seu momento e forneça os dados pedidos. Então, você poderá imprimir os boletos para pagamento, quando for mais de uma parcela; ou apenas um único boleto, quando for à vista.

Valor e Tabela do IPVA SP 2018

Cada proprietário terá um valor diferente a ser pago no IPVA SP 2018. Isso acontece, pois eles utilizam uma porcentagem do preço do veículo para retirar o imposto. Logo, quanto mais recente, mais caro. Você pode conferir todos os detalhes de cada valor na tabela que citaremos abaixo e de outros estados como IPVA RJ 2018 e IPVA DF 2018.

A tabela utilizada pelo Governo para a emissão dos valores do IPVA 2018 é a FIPE – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. Ela que realiza a cotação do preço-base dos veículos, onde disponibiliza para que qualquer pessoa com acesso à internet veja em seu site. Então, não perca tempo! Comece desde já a se planejar e tente pagar à vista, pois há um desconto de 10% sobre o valor.

Para maiores dúvidas e fazer consulta, pagamento, valor, emitir boleto e tabela do IPVA SP 2018 acesse o site do Detran SP http://www.detran.sp.gov.br/.

Saiba quem vai poder participar do Bolsa Família 2018

Realizar o cadastro Bolsa Família 2018 é um dos primeiros passos a ser tomado para que a família possa receber o benefício, além disso, é preciso estar dentro dos requisitos do programa e saber se realmente tem direito ao Bolsa Família.

Criado no ano de 2003 durante o Governo Lula, o programa de transferência de renda Bolsa Família passou por algumas melhorias e hoje ajuda milhares de famílias brasileiras que vivem em condições de pobreza e extrema pobreza.

Infográfico Bolsa Família 2018

Infográfico

Além de fornecer recursos financeiros para as famílias beneficiadas, o programa Bolsa Família garante o acesso a serviços básicos, como alimentação adequada, educação e saúde. O principal objetivo do programa é combater a fome e a desnutrição em todo país.

O valor do Bolsa Família 2018 pode chegar até R$ 372,00 mensais, mas vale lembrar que esse valor pode variar de família para família, e diversos fatores contribuem no valor do benefício.

Cadastro Bolsa Família – Como Fazer

O processo de cadastro Bolsa Família 2018 começa na prefeitura municipal da sua região, pois é a mesma a responsável pelos tramites de cadastro no Bolsa Família.

Sendo assim, é necessário comparecer até a prefeitura da sua região portando todos os documentos da sua família, incluindo um documento que comprove o nível de pobreza da família, já que para ter direito ao benefício é preciso comprovar renda per capita de até R$ 170,00 mensais.

Vale lembrar que na prefeitura será realizado a inscrição no CadÚnico (cadastro único para programas sociais).

Documentos Necessários Cadastro Bolsa Família 2018

Com dito anteriormente, é necessário comparecer à prefeitura da sua região, portanto os documentos do responsável e também de todos os familiares que moram na mesma casa, veja os documentos necessários:

  • Responsável Familiar: Documento de identificação com foto, como identidade, carteira de trabalho, CNH Social e CPF ou título de eleitor;
  • Familiares que moram na mesma casa: Qualquer documento de identificação como identidade, carteira de trabalho, certidão de nascimento ou casamento;

Já realizei o Cadastro Bolsa Família e agora?

Vale lembrar que mesmo após realizar o cadastro Bolsa Família, não é garantido que a família receba pelo calendário do bolsa família, devido ao grande número de pessoas que tentam burlar o programa, é necessário que o perfil da família passe por uma análise após o cadastro.

É recomendado que os dados informados no CadÚnico, inclusive números de telefone estejam corretos e devidamente atualizados, pois caso a família tenha sido selecionada, esses dados facilitará o contato com a família e o responsável familiar.

Caso ainda tenha alguma dúvida, basta ir até uma agência da Caixa Econômica Federal ou ligar para 0800 726 0207 e obter maiores informações.

Consulta de Saldo do PIS

Consulta de saldo, pagamento PIS 2018. Saiba como consultar o saldo de seu PIS 2018 e confira o calendário para saber o dia em que o benefício estará disponível. Saiba mais sobre consulta de saldo, pagamento do abono  e mais a acompanhando as informações a seguir.

O PIS – Programa de Integração Social – permite que todo trabalhador da iniciativa privada tenha acesso ao benefício de acordo com a lei, ao mesmo tempo em que permite que esse trabalhador possa colaborar com o desenvolvimento das empresas. O PIS é um direito de todo trabalhador brasileiro, direito este adquirido pela Lei Complementar nº 7/1970. O PIS busca oferecer a integração entre o empregado com o desenvolvimento da empresa.

Saque PIS PASEP

Saque PIS PASEP

Enquanto o PIS é um direito do trabalhador do setor privado e seu pagamento é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal, o PASEP é um direito do trabalhador do setor público e o pagamento é feito através do Banco do Brasil.

Para todos os trabalhadores que foram cadastrados no PIS até a data de 4 de outubro de 1988 serão repassados os valores das quotas e seus rendimentos, sendo que o saque poderá ser feito em qualquer momento, não dependendo do calendário PIS 2018 Caixa do abono e seus rendimentos. Somente através de uma agência da Caixa Econômica Federal é que se pode fazer o saque do abono. CONSULTA DE SALDO PAGAMENTO PIS 2018

Confira alguns dos requisitos para efetuar o saque do PIS:

  • Invalidez permanente;
  • Aposentadoria;
  • Idade acima dos 70 anos;
  • Morte;
  • Portador de neoplasia maligna do titular ou dependente; Entre outros.

O Calendário PIS é sempre muito aguardado por quem tem direito ao abono salarial que é de 1 salário mínimo – R$ 788,00. Porém, os pagamentos do PIS 2014 estarão sendo feitos até o dia 30 de junho de 2018. O PIS 2018 começa a ser pago em julho deste ano e termina em junho do ano que vem. É preciso ficar atento ao calendário do PIS 2018, tão logo ele seja divulgado pela Caixa, para não perder o período para recebimento do benefício.

Quanto receber do PIS PASEP

Quanto receber do PIS PASEP

Até o ano passado o pagamento do PIS era antecipado para os contribuintes com conta na Caixa Econômica Federal, mas agora o pagamento é feito seguindo o Calendário do PIS, de acordo com a data de nascimento. Consulta de saldo, pagamento PIS 2018.

Confira abaixo o calendário do PIS 2018 para você saber o dia em que o crédito será depositado em sua conta:

  • Nascidos nos meses de julho, agosto e setembro: crédito em conta dia 14 de julho de 2018.
  • Nascidos nos meses de outubro, novembro e dezembro: crédito em conta dia 13 de agosto de 2018.
  • Nascidos nos meses de janeiro, fevereiro e março: crédito em conta dia 15 de setembro de 2018.
  • Nascidos nos meses de abril, maio e junho: crédito em conta dia 13 de outubro de 2018.

Em caso de dúvida, vá a uma agência da Caixa mais próxima ou acesse o link abaixo, onde as principais dúvidas são esclarecidas ou ligue para 0800 726 0207: www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/pis/Paginas/default.aspx#perguntas-frequentes . E para consultar o saldo de seu PIS é só acessar o link abaixo: https://sisgr.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01

Dilma prepara terreno para reeleição

A presidente Dilma Rousseff, em conversa com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), disse que concorrerá à reeleição em 2014 e pediu apoio ao aliado socialista, disseram duas fontes do partido.

A conversa entre Dilma e Campos foi franca. A presidente disse ao governador compreender os movimentos do partido aliado, com o crescimento eleitoral da legenda, mas que isso não interfere na relação com o governo, segundo relato de um dos socialistas ouvidos, que pediu anonimato.

Depois de fazer esse preâmbulo, Dilma disse ao aliado que concorrerá à reeleição e gostaria de continuar contando com o apoio do PSB, presidido por Campos. Essa disposição de Dilma foi confirmada por outro socialista, que conversou com Campos depois do encontro com a presidente e também pediu para não ter seu nome revelado.

Desde que chegou à Presidência, Dilma nunca assumiu publicamente que concorreria à reeleição, mas ao dizer que será candidata a um aliado que pode ser seu adversário mostra ter começado a montar a estratégia para a reeleição. Dentro do PT, no entanto, sempre se manteve a possibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tentar retornar ao posto em 2014.

Ex-chefe de gabinete de Lula entre 2003 e 2010, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, chegou a afirmar que o ex-presidente estava no “banco de reservas” e poderia ser convocado.

Depois de ouvir de Dilma sobre seus planos, Campos lembrou a longa parceira do PSB com o PT e disse ser legítimo o anseio de seu partido, diante do crescimento eleitoral, de vislumbrar a possibilidade de um projeto próprio de poder, segundo as fontes.

“Ele foi sincero e disse à presidente que o partido continuará sendo fiel à aliança, ajudará o governo a enfrentar as dificuldades, mas sobre 2014 só deveriam tratar em 2014”, disse uma das fontes.

Na saída do encontro no Planalto, Campos usou o mesmo discurso de deixar 2014 para 2014 ao ser questionado por jornalistas, esquivando-se de falar sobre qualquer compromisso com uma aliança para a campanha de reeleição da presidente Dilma daqui a um ano.

Anulação de Voto

Muitas pessoas se perguntam como anular o voto. No entanto, devemos lembrar que o voto nulo não irá anular a eleição. Então, para votar nulo você deve digitar no terminal um número que não corresponde a nenhum partido.